Saudades...


Hoje resolvi escrever...

Me revesti de palavras, botei minhas magoas à frente, elas precisavam sair, explodir de dentro de mim. Tudo isso sufoca, aperta, mata.
Escrevi isso em meio a saudade que voltou a me atormentar
Saudade de tudo aquilo que passou pela minha vida;
De algo, ou de alguém que nunca tive;
Das festas de família. Daqueles que não tive como dizer adeus;
Saudades até dos momentos de lágrima, da angústia, do tempo em que eu ainda tinha sonhos.
Saudade do passado que não aproveitei por completo.Tá tudo tão diferente. E todo esse tempo que passou, levou o que eu tinha de melhor em mim. O que era "perfeito", se perdeu.
E as vezes sem rumo eu busco a saída mais perto que me deixe o mais longe possível dessa dor insuportável que insiste em aparecer todas as noites.
Será que é tão difícil assim?